Pesquisar no site
Categorias
dezembro 2016
S T Q Q S S D
« nov    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Vencedor do 4º Concurso de Contos “Águas do Tijuco” de Ituiutaba e de Resende da Costa/MG

O 4º Concurso de Contos “Águas do Tijuco de Ituiutaba reconhecido nacionalmente, pela qualidade dos contistas participantes, da comissão julgadora e pela premiação paga ao vencedor, considerado um dos maiores prêmio literário do Brasil, teve como vencedor, o mineiro de Resende da Costa, Márcio André Oliveira Santos, com o conto “Coisas de minha avó”. Esse ano, na quarta edição, o concurso teve à participação de mais de quinhentos contistas escritos, numa disputa que deu muito trabalho a comissão julgadora para se chegar ao vencedor, devido à qualidade dos contos inscritos. Contos vindos de quase todos os estados brasileiros e do exterior, inclusive, de contistas de Ituiutaba.
Para o presidente da Fundação Cultural, advogado e professor Francisco Roberto Rangel, entre as várias atividades exercidas pela Fundação, destaca com muito brilho esse concurso, que segundo ele conta em média de participação de quinhentos contistas, em cada edição; contistas até do exterior, que tem levado realmente, o nome de Ituiutaba além fronteiras.
“Nessa oportunidade nós queremos agradecer a todos os parceiros, os responsáveis pelo sucesso desse concurso. Agradecer em especial ao prefeito, Luiz Pedro que é o grande incentivador da cultura aqui em Ituiutaba, ele não tem medido esforços no sentido de ajudar a nossa entidade, a realizar eventos com é esse concurso literário “Águas do Tijuco”, sucesso em todo país, destacou o presidente Rangel e aproveitou para cumprimentar o vencedor da quarta edição do concurso, Márcio André Oliveira Santos.
Segue abaixo a relação dos dez contos selecionados pela Comissão Julgadora, que fará parte do livro editado pela promotora, Fundação Cultural, porém, sem ordem de classificação, destacando apenas, o conto vencedor, “Coisas de minha avó”, que além da publicação, vai receber o prêmio de R$ 3.000,00 (três mil reais).
1º lugar: “Coisas de minha avó” – Márcio André Oliveira Santos – Resende da Costa – Minas Gerais
– Com as mãos vazias – Edileuza Bezerra de Lima Longo – São Paulo/SP
– A hóspede – Delmar Bertuol Alves da Silva – Matril Feliz/RS
– Córrego Sujo – Luiz Eduardo de Carvalho – Tatuapé/SP
– Rosário – Lilian Almeida de Oliveira Lima – Salvador/BA
– O Anjo e a Bola – Luiz Carlos Picinini – Sorocaba/SP
– Indulto – Tatiana Alves Soares Caldas – Rio de Janeiro/RJ
– Vestido de Estrelas – Aline Naomi Sassaki – São Paulo/SP
– Ecce Homo! – João Wilson Savino Carvalho – Macapá/AP
– Festa a São João na Vila de São Damião – Paulino Sales Abranches – Itajubá/MG

 
Saiba mais sobre Ituiutaba, acesse: www.portalituiutaba.com.br
(Ituiutaba, 4 de janeiro de 2016).

X Concurso Contos do Tijuco “VALNICE PEREIRA”

A L A M I
Academia de Letras, Artes e Música de Ituiutaba.
Entidade de utilidade publica municipal – lei 3896.
Ano de fundação 1.996.
alamiacademia@yahoo.com.br
www.alami.xpg.com.br

X Concurso Contos do Tijuco
“VALNICE PEREIRA”

A ALAMI e a Fundação Cultural de Ituiutaba agradecem a imensa participação dos escritores (440 contos inscritos) e garantimos que sempre faremos o máximo esforço para continuarmos merecendo essa confiança que depositam em nosso trabalho.

Agradecemos, também, aos sites que divulgam os nossos concursos, em especial ao escritor Rodrigo Domit (RJ) que dirige o site – http://concursos-literarios.blogspot.com.br/
Nossos agradecimentos a Comissão Julgadora que suaram a testa para
escolherem os contos premiados.

Resultado

Primeiro lugar – O urubu e o gavião
Autor – Luiz Fernando Lima Oliveira

Dados biográficos: O autor é pernambucano, do Recife, nascido em 22 de agosto de 1978. Formou-se em Direito pela UFPE e trabalha como advogado em Porto Alegre – RS, para onde se mudou em 2007. Participa de Oficinas Literárias, de contos e poesias. No âmbito das letras, foi agraciado com o prêmio SESC/DF 2015 de melhores crônicas (3º. Lugar) e classificado no 5º. Concurso de Micro contos de humor de Piracicaba/SP, edição 2015.

Nove selecionados – nomes do conto e autor –
Ordem alfabética:
A Casa dos espelhos
Autor: João Lisboa Cota – Ponte Nova – MG
A gaita
Autor: Whisner Fraga – Ituiutaba – MG
Amor de Comer
Autora: Ana Cristina Moital Martins Luiz – Lousa LRS/Portugal
Estenda tuas mãos em forma de concha
Autora: Giovanna Artigiani – Campinas – SP
Desconectados
Autor: Edweine Loureiro da Silva – Manaus – AM
Destroços
Autor: José Eugênio Borges de Almeida – Maragogi – AL.
Mosaico
Autor: Felipe Cattapan – Rio de Janeiro – RJ
Os dois lados de um mesmo erro
Autor: Gustavo Fontes Rodrigues – São Paulo – SP
Rota de Fuga
Autora: Tatiana Alves Soares Caldas – Rio de Janeiro – RJ

COMISSÃO JULGADORA DO X CONCURSO CONTOS DO TIJUCO

Arth Silva
Redator, ilustrador, publicitário, escritor, poeta, crítico literário,
Blog: www.sonhandoaderiva.blogspot.com.br
e-mail – fsarthur@yahoo.com.br

Sandra Modesto
Pós-graduada em Educação – FEIT/UEMG
Graduada em Letras- (Português/Inglês) – FEIT/UEMG
Coordenadora do projeto: Oficina literária para a terceira idade.
Escritora.
e-mail: modestosandralucia@gmail.com

Dr. Jarbas Wilson Avelar – advogado – professor – escritor – cronista do Jornal do Pontal
e-mail – jarbasavelar@yahoo.com.br

EDITAL DE INCINERAÇÃO DE DOCUMENTOS

EDITAL DE INCINERAÇÃO DE DOCUMENTOS
FUNDAÇÃO CULTURAL DE ITUIUTABA/FCI – N° 001/2015

O Ilmo Sr. Dr. Francisco Roberto Rangel, Presidente da Fundação Cultural de Ituiutaba, no uso de suas atribuições legais e constitucionais, especialmente escudado no art. 1.215 e parágrafos do Código de Processo Civil, para incineração de arquivos e processos referentes aos Concursos de Canto de Ituiutaba, dos exercícios 2003 e 2004. Considerando, a impossibilidade de microfilmagem, digitalização ou outro processo congênere, não obstante inexistir atualmente espaço para guarda de novos documentos, faz saber a todos os interessados ou que do presente edital tomarem conhecimento, que no prazo de 30 (trinta) dias, a contar da data de sua publicação, serão INCINERADOS. Ressalta-se, que no prazo de publicação do presente edital, será facultado a eventual interessado o desentramento, às suas expensas, ou a microfilmagem total ou parcial dos arquivos. Eventual documento de valor histórico deverá ser recolhido ao arquivo da Galeria de Antiguidades, por servidor especialmente designado para esse fim. Finalmente, para que não seja posteriormente alegado o desconhecimento ou ignorância do teor do presente edital, determino a fixação de cópias do mesmo nos locais de costume da Fundação Cultural de Ituiutaba, bem como publicação em órgão de imprensa on-line, de forma a assegurar a mais ampla publicidade. Dado e passado na comarca de Ituiutaba-MG, na sede da Fundação Cultural de Ituiutaba, aos 11 dias do mês de dezembro de 2015.

Dr. Francisco Roberto Rangel
Presidente da Fundação Cultural de Ituiutaba

FUNDAÇÃO CULTURAL DE ITUIUTABA CONCURSO DE CONTOS ÁGUAS DO TIJUCO

FUNDAÇÃO CULTURAL DE ITUIUTABA
CONCURSO DE CONTOS ÁGUAS DO TIJUCO

O Presidente da Fundação Cultural de Ituiutaba – FCI, no uso de suas atribuições legais, COMUNICA aos candidatos do CONCURSO DE CONTOS ÁGUAS DO TIJUCO, seu sobrestamento e dá outras providências:

DOS MOTIVOS
Em Face, da greve dos servidores administrativos da FACIP/UFU, campus do Pontal, e IFTM – Instituto Federal do Triângulo Mineiro, que impede a indicação de docentes das Instituições para análise e julgamento dos trabalhos inscritos;
Fica estabelecida a retomada das fases de leitura, análise e julgamento dos contos, tão logo sejam retomadas as atividades das Instituições citadas com a conseqüente indicação dos jurados avaliadores e, ao final, a comunicação do conto vencedor.

 

Ituiutaba, 21 de Setembro de 2015.

 

Francisco Roberto Rangel
Fundação Cultural de Ituiutaba

CONFISSÕES QUE CHOCAM…

O clima reinante, já é natalino… Compras, muitas compras para aproveitar as várias promoções aliadas aos descontos que a mídia oferece… A preparação que antecede o Natal, o Advento faz-se necessário. Os melhores presentes não são adquiridos com o vil metal nem com cédulas internacionais. Nessa existência ainda são: a saúde, o bem estar, a paz, a união e principalmente o aconchego familiar. STEVE JOBS, com uma fortuna incalculável, deixa o mundo em choque com sua declaração em seu leito de morte: “Viva a Vida, valorize os entes queridos, os amigos. Cheguem ao topo do sucesso nos negócios. Aos olhos dos outros minha vida é um símbolo de sucesso. Só trabalhei… Além do trabalho, tenho pouca alegria. Minha riqueza é apenas um fato, já me acostumei… Neste momento, estou na cama de um hospital; fico refletindo toda minha vida, e percebi que a riqueza dos elogios não me deixa orgulhoso…Tornam-se insignificantes com a eminência da morte. No escuro do quarto, vejo as luzes, verde, vermelhas, ruídos de equipamentos de respiração… Só agora entendo que se acumula dinheiro suficiente para o resto da vida… Tanta coisa mais importante que o dinheiro, deixa-se de lado…!!! As histórias de amor, da arte, os sonhos da infância… Perseguir a riqueza, só pode ser converter uma pessoa em fracasso como eu. Deus nos fez para sentir o amor no coração, e não ilusões construídas pela fama e dinheiro como fiz a vida toda…E não posso levar comigo… Só lembranças que o amor fortalece… Esta é a verdadeira riqueza que lhe dará forças e luz para ir em frente; vá para onde queira; esforce-se para alcançar seus objetivos.Tudo está em seu coração e em suas mãos. Qual a cama mais cara do mundo?! A cama do hospital… Se você tem dinheiro, pode pagar alguém para dirigir o seu carro,porém não pode pagar ninguém para sofrer sua doença. Os bens materiais perdidos, podem ser encontrados, porém existe uma coisa que se você perder não poderá encontrar… A VIDA… Seja qual for a fase da vida que se vive agora, no final teremos de enfrentar o dia que a cortina descerá. Por favor, valorize seu amor pela família, o amor pela companheira e pelos seus amigos. Trate-se bem, e do seu próximo.””
Esta foi a última lição que deixou para a humanidade. Nota-se o arrependimento cruel que também sofre… Tenta alertar financistas que só pensam no material… Se lhe fosse dado nova oportunidade, faria tudo diferente…Com certeza.

 
Adelaide Pajuaba Nehme- Acadêmica da ALAMI

O poder das palavras

Marleida Parreira Rocha – Educadora

 

As palavras nos lábios de sábios edificam, enaltecem, incentivam, estimulam, avivam, enobrecem, curam, cativam e provocam satisfação, entusiasmo, desejo de viver e ser produtivo. Na boca de insensatos que fazem mal uso das mesmas, acarretam ao outro desconforto, decepção, angústia, desânimo, mágoa e até o desejo de desistir da vida. O ser humano experimenta ao longo de sua existência o gosto doce ou amargo destes dois “sabores”.
Todo vencedor com certeza traz em sua bagagem palavras de encorajamento ou a lembrança de “falas” que despertaram em si o anseio de “lutar” e persistir na busca de seus ideais, entretanto os derrotados ou acomodados certamente cruzaram com “matadores de sonhos” que conseguiram penetrar em suas mentes disseminando sementes de pessimismo, rejeição, insegurança, medo… Que infelizmente criaram raízes difíceis de serem arrancadas.
Precisamos refletir se nossas palavras tem sido bênção ou maldição na vida de nosso próximo, pois uma vez proferidas não têm como ser devolvidas. Alguns, impensadamente, acreditam que podem ferir profundamente o ser humano desferindo sobre ele palavras malditas oriundas lábios felinos e depois camuflar a lesão com um simples pedido de desculpas. Outros, incapazes de admitir ou perceber seu erro, seguem seu caminho semeando discórdia e destruição por onde passam, prejudicando a si mesmo e os demais que o cercam, tornando o s dias mais difíceis e o ambiente “pesado” com suas lamúrias, murmurações, intolerância, mau-humor, falta de ética, respeito e amor ao próximo.
Que Deus nos ajude a viver de maneira que nossa ausência seja notada e até lamentada. Que nossa presença seja agradável e desejada. Que de nós possa sobressair muito mais as virtudes do que as falhas para que na retrospectiva de nossos atos possamos envergonhar pouco de nossos raros momentos de estupidez, já que não somos perfeitos. Se não pudermos ser a alavanca que impulsiona, que não sejamos também a pedra de tropeço na trajetória alheia.

 

##

JUCA IZÉ – O livro do Ano 2016.

O livro do Ano 2016.

“Juca Izé” – romance do escritor José Maria Franco de Assis – é eleito pela Comissão de Premiação da ALAMI como o “LIVRO DO ANO”.

“… Passado o tempo, por motivo desconhecido, Juca Izé resolvera rever alguns cantos, próximos à casa cor-de-rosa. Ameaçou uma caminhada no sentido córrego, passando pelo antigo mangueiro. Contudo, a trilha se escondia nos arbustos invasores. Desistiu.
Deslocou-se para as bandas da barriguda, próximo ao buriti que Negrinho Moura plantara. Entretanto, a densidade de assa-peixe e cipós o trouxeram de volta à sombra da mangueira. Finalmente, tomou a estrada de rodagem, no sentido da casa de Sô Linto. Gostava de observar os detalhes deixados pelos avós paternos. Havia, também, marcas do finado mano.
A casinha, num passado recente, serviu para Romeu e Maria José iniciarem a sua família. Ao se aproximar do velho ipê roxo, sentiu certo desconforto. A tarde deixava a intensa claridade, para adquirir um tom amarelado. O sol parecia revestido de névoa seca, e de coloração alaranjada. Percebeu a garganta seca, dificultando engolir a pouca saliva. A cabeça, cada vez mais, pesada e sem equilíbrio. Seriam sintomas de labiritinte? Se o quadro parasse de evoluir, e não o levasse para a abertura de um túnel… Dor, intensa, no ombro esquerdo… Não percebeu o contato com a grama quente, a roçar seus braços…”

O texto é um fragmento do romance “JUCA IZÈ” do escritor José Maria Franco de Assis, editado neste ano de 2016 pela Scortecci Editora SP, e eleito pela Academia de Letras, Artes e Música de Ituiutaba como o “LIVRO DO ANO”

Segundo o autor, “… Neste romance, que fecha a trilogia sobre as curiosidades de uma criança criada no meio rural, são narrados episódios, a partir de duas personagens – Izé e Juca -, e construídos o perfil, o caráter e a personalidade de uma terceira, sexagenária – Juca Izé”.

A solenidade de homenagens acontecerá no evento, promovido pela ALAMI, ”Prêmio Mérito Cultural”, no dia 15 de dezembro de 2016, às 20 horas, na Biblioteca Municipal de Ituiutaba.

“Os Aforismos do Ciberpajé Edgar Franco” (143)

 

Nossa guerra civil velada mata muito mais que a guerra da Síria, somos
um dos países mais violentos do globo. Mesmo assim os donos do poder
nos convencem de que somos ordeiros e pacíficos, e assim agimos para
com eles. Trata-se de um golpe sujo de magia negra, consolidado
através de décadas de propaganda subliminar, cooptando-nos
inconscientemente a sermos cordeirinhos submissos, mantendo o
status-quo das elites políticas e de seus mandantes das
multinacionais. (Ciberpajé)
*
Pena que uma das palavras mais celebradas de nossa língua seja a
ignóbil SAUDADE, “empoderada” imbecilmente por nossos poetas e
intelectuais boçais como um glorioso troféu. Saudade não passa de
nostalgia idiota e nociva que nos tira da nossa única realidade, o
agora. Saudade é eleger alguém, ou algum tempo no passado como melhor
e mais interessante do que nossa vida atual, e viver no passado é
morrer para o hoje. Bom ou ruim, o passado deve ser enterrado em covas
profundas para permitir-nos a fruição absoluta do agora! (Ciberpajé)
*
Esse é um mundo fragmentado, vejo milhares de micro-ideologias
alimentando o ódio de grupelhos e impedindo a união por um bem maior.
Acabo de assistir à redação de uma simples carta de apoio a um
movimento tornar-se território de disputas ideológicas e fomento de
raiva e ataques entre pessoas que deveriam unir-se. Enquanto isso o
verdadeiro mal se agiganta sobre nossas cabeças! (Ciberpajé)
*
Eu não mando flores, não gosto de vê-las arrancadas. Mas eu rego as
flores dos corações! Busco enxergar o que as pessoas que se aproximam
de mim têm de melhor e rego essas sementes ou os botões em flor. Eu
quero que todos alcancem sua integralidade como seres! Eu sou todos,
eu estou em cada um que cruzou o meu caminho. (Ciberpajé)
*
Lamentável. Estamos todos no mesmo trem, mas arquitetando formas de
chutar o vizinho do lado pra fora e ter mais espaço no banco, enquanto
o condutor da locomotiva segue a trilha para o inferno! (Ciberpajé)
*
Edgar Franco é Ciberpajé, artista transmídia, pós-doutor em artes pela
UnB, doutor em artes pela USP, mestre em multimeios pela Unicamp e
professor do Programa de Doutorado em Arte e Cultura Visual da UFG.
Acadêmico da ALAMI, possui obras premiadas nacionalmente nas áreas de
arte e tecnologia e histórias em quadrinhos. ciberpaje@gmail.com

Salve-se quem puder

Não sei dizer se Oscar Niemayer era vidente ou só muito inteligente, quando manifestou sua decepção com os políticos brasileiros numa frase que é atribuída a ele: “Projetar Brasília para os políticos que vocês colocaram lá, foi como criar um lindo vaso de flores prá vocês usarem como pinico. Hoje eu vejo, tristemente, que Brasília nunca deveria ter sido projetada em forma de avião, mas sim de camburão. ” Parece que se alguma coisa mudou desde a formulação dessa suposta sentença até hoje, foi para pior, a ver pelo espetáculo que suas excelências, os deputados, nos apresentaram na semana que se passou, quando, na calada da noite, aproveitando o desvio das atenções da sociedade brasileira, por conta da tragédia com o avião da Chapecoense, votaram o projeto de anistia do caixa dois, desfigurando-o e massacrando as “10 medidas contra a corrupção”, numa clara e repugnante manobra contra 2,4 milhões de assinaturas, com o objetivo precípuo de livrarem as próprias cabeças, que segundo a encaminhada delação da Odebrecht, estão muito próximas da guilhotina de Moro. Como se não bastasse, o Presidente do Senado Renan Calheiros, hoje já réu no STF, a exemplo da Câmara, também quis colocar em votação a toque de caixa, o projeto anticorrupção em regime de urgência urgentíssima, mas felizmente o bom senso prevaleceu naquela casa de leis e ele foi vencido, sendo o requerimento rejeitado por 44 votos contrários e 14 favoráveis.
Hoje temos a impressão de que o Congresso se assemelha à Arca de Noé, abrigando oves et boves, a grande maioria com culpa no cartório e, portanto, com a “pulga atrás da orelha” ante o dilúvio que se anuncia. Ainda bem que já estamos vivendo outros tempos, quando a ingenuidade política vai dando lugar à consciência democrática e a sociedade se mobiliza, criando a única força capaz de barrar os absurdos patrocinados pelos políticos inescrupulosos, desonestos e compromissados apenas com seus próprios interesses e os de seus apaniguados.
Eu entendo que é deveras vergonhoso para o Brasil, como seria para qualquer nação que preze as instituições democráticas, ter o processo político se tornando uma mixórdia, onde o presidente da Câmara foi deposto, condenado criminalmente e preso, o Presidente do Senado, considerado réu pelo órgão máximo de Justiça e com mais 10 processos em andamento, além de aproximadamente 200 parlamentares tendo que colocar “as barbas de molho”, pois são apontados em delação como suspeitos.
Assim sobra mesmo para nós outros, a população em geral entrar em cena, uma vez que a grande maioria daqueles a quem delegamos poderes para nos representar e defender, não cumprem suas responsabilidades.
Se formos atentos aos ares do Brasil atual, percebemos cheiro da histórica Revolução Francesa, onde cabeças e mais cabeças rolaram guilhotina a baixo. Queira a Deus que o senso de democracia, de justiça e mesmo de cristianismo da parcela dos bons, seja forte o suficiente para barrar a insanidade dos maus e recolocar nosso país nos trilhos da verdade, da seriedade e do equilíbrio financeiro, para que a paz volte a reinar nessa pátria que sempre foi objeto da generosidade da Natureza.
José Moreira Filho
moreira@baciotti.com

Setor de Patrimônio conclui trabalho para aumentar pontuação ICMS Cultural do Município

O Setor de Patrimônio da Fundação Cultural de Ituiutaba que trabalha para a proteção do Patrimônio Cultural da Cidade, junto com a sua equipe técnica está concluindo os trabalhos para aumentar a pontuação do ICMS Cultural de 2016/2018, isto porque, o processo de 2015/2017, rendeu para o município na escala de pontuação: 9.9.
Foram trabalhados os seguintes aspectos ligados ao nosso Patrimônio Histórico e Cultural: Patrimônio Imaterial – Congada e Folia de Reis, com apoio financeiro, logístico e cultural aos eventos realizados por estas entidades.
Patrimônio Material – Fiscalização do estado de conservação dos bens tombados e inventariados. Investimento na conservação de alguns desses bens.
Educação Patrimonial – Divulgação dos Bens tombados e Inventariados, através de Banner, Calendários, Guia Turístico, matéria de jornal, matéria de rádio, site, visitas de alunos a alguns bens tombados e inventariados, tudo isso com o objetivo de levar informação à população sobre a importância da preservação, valorização e conservação do nosso Patrimônio Histórico e Cultural.
O presidente da FCI, professor Francisco Roberto Rangel, espera com a entrega desse projeto ao IEPHA – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, aumentar à pontuação do ICMS Cultural de 2016/2018 e mais que isso, aumentar os recursos financeiros, para serem investido em cultural.

 
Saiba mais sobre Ituiutaba, acesse: www.portalituiutaba.com.br
(Ituiutaba, 30 de novembro de 2016)

Coral Municipal e Bandas de Música da Fundação Cultural fazem apresentações alusivas às festas Natalinas

A Fundação Cultural de Ituiutaba convida à população em geral, para assistir às apresentações do Coral Municipal Abrão Calil Neto, Banda Municipal José Castanheira e Banda Mirim, “Maestro Elias Antônio Daia”, alusivas as festas de fim de ano, especialmente para comemorar o nascimento do Menino Deus entre os homens, obedecendo à seguinte programação:
Dia 13/12 – 20h – No saguão da Prefeitura (Praça Cônego Ângelo), apresentação do Coral Municipal “Abrão Calil Neto”, apresentando Cantata de Natal.

Dia – 14/12 – 19h – Apresentação no Calçadão da Av. 15 – Banda Mirim “Maestro Elias Antônio Daia”.

Dia 15/12 – 20h – No Shopping Pátio da Cidade – Apresentação do Coral Municipal “Abrão Calil Neto”.

Dia 20/12 – 20 e 21h – Apresentações da Banda Municipal José Castanheira, no Calçadão da Av. 15 e no saguão da Prefeitura, na Praça Cônego Ângelo.
Vá e leve todos os seus familiares e prestigie esse grande evento artístico e cultural.
Saiba mais sobre Ituiutaba, acesse: www.portalituiutaba.com.br
(Ituiutaba, 30 de novembro de 2016).

Dr. Rangel um chefe extraordinário

Algumas pessoas marcam nossas vidas de uma maneira tão forte que é impossível às esquecermos. Por isso, sempre teremos uma enorme dívida de gratidão por tudo que elas fizeram por nós. É o caso o Dr. Rangel, amigo, companheiro. Mas infelizmente está chegando o momento de nos separamos, mas no nosso coração sempre permanecerá tudo aquilo que aprendemos e vivemos com ele.

Acreditamos que é difícil existir um chefe (líder) como ele, compreensivo, amigo e pronto para ajudar em qualquer circunstância. “Tenha muito sucesso por onde quer que passe e acima de tudo seja muito feliz, Dr. Rangel”!…
O líder trabalha a descoberto. O líder exerce suas funções com respeito e consideração com os seus comandados. Foi o que fizeste Dr. Rangel, durante quase seis anos de convivência com todos nós. Fostes amigo e companheiro, sempre procurando nos trazer informações que contribuíam com nosso crescimento e enriquecimento intelectual, neste mundo agitado que vivemos hoje.
Nunca imaginamos que este momento chegaria tão rápido, apesar de vários anos já terem se passado, parece que foi ontem que recebemos aquelas boas vindas tão acolhedoramente. Cada um de nós acreditamos ter marcado definitivamente, a nossa história, em seu coração. Felizmente, cremos, de forma positiva e com certeza, o amigo levará por toda a sua vida.
Muito obrigado Dr. Rangel, receba às nossas homenagens e o nosso eterno agradecimento, por tudo que nos proporcionou na direção da Fundação Cultural de Ituiutaba.

 
SUA EQUIPE.

Presidente da Fundação Cultural faz uma retrospectiva das principais conquistas da entidade sob sua direção

O presidente da Fundação Cultural de Ituiutaba, advogado e professor, Francisco Roberto Rangel enaltecendo o apoio recebido do chefe do executivo, Dr. Luiz Pedro Correa do Carmo, durante esses quase seis anos como presidente da entidade faz um balanço positivo das principais realizações sob sua direção. Uma das realizações destacada por ele como sendo de real importância para o município foià conquista de pontos do ICMS Cultural, para a cidade, pois quando assumiu o comando da FCI, não existia nem uma pontuação em favor do município. Em 2012 iniciou esse trabalho e a resposta foi imediata, pois conquistou os primeiros pontos: 1.9 para os exercícios de 2013/2014 e de 4.7 para os exercícios de 2014/2015, que representou um aumento de mais de duzentos por cento nesta pontuação do município. E nos exercícios de 2015/2016 para 9.9 que representa um aumento de mais de cem por cento para os exercícios 2016/2017. Isso significa o aumento de recursos financeiros para serem investidos na cultura. Destaca ainda outras realizações que representam importantes conquistas para o município de Ituiutaba.

Segue outras importantes realizações do presidente, Roberto Rangel de 2011 a 2016:

Espetáculo Musical de Rua – Numa parceria com o Grupo Algar Telecom a gente tijucana teve a oportunidade de assistir em 2012, a um grande espetáculo e um musical de rua que celebrou as raízes folclóricas brasileiras e homenageou os que fazem arte na rua, através do teatro, da música e do circo, através do Grupo Rasgacêro.

Festa do Trabalhador na Praça 13 de Maio – Em 1º de maio de 2014, a Fundação em nome da Prefeitura desta cidade realizou na Praça 13 de Maio, Show com a consagrada dupla sertaneja Cristian e Ralf, com um público, recorde naquela praça, mais de 10 mil espectadores.

Minas ao Luar – Numa parceria com SESC Minas, Sindicato do Comércio Varejista – realizou na Praça Cônego Ângelo (Praça da Prefeitura) uma das mais belas e importantes expressões culturais e folclóricas de Minas – “Minas ao Luar” – 2012/13/14.

Orquestra de Câmara SESIMINAS e maestro e pianista Arthur Moreira Lima em Ituiutaba – A Fundação Cultural e a FIEMG Regional trouxeram para esta cidade, em 2013, um dos maiores espetáculos musical do ano, com a Orquestra de Câmara SESIMINAS e o maestro e pianista, Arthur Moreira Lima, num grande espetáculo, de arte e cultura, na Praça Cônego Ângelo.

Festa Junina na Praça da Prefeitura (Arraiá da UFU) – Numa parceria com a UFU, a Fundação Cultural realizou em junho de 2013, na Praça Cônego Ângelo, festa Junina na Praça. Considerada uma das maiores e mais movimentadas festas juninas já realizadas em Ituiutaba, naquela praça. A renda foi destinada a AVCCI – Associação de voluntárias de combate ao câncer de Ituiutaba.

Galeria de Antiguidades de Ituiutaba – Para preservar a memória local, em 28 de fevereiro de 2012, a Fundação inaugurou e entregou a visitação pública, a Galeria de Antiguidades de Ituiutaba, onde estão expostos objetos e artefatos que leva quem a visita, a uma viagem inesquecível ao passado, uma viagem no tempo.

Projetores dos Cines Capitólio, Ituiutaba/Bristol expostos na Galeria de Antiguidades. Esta doação foi feita a Fundação, em 2014, pelo empresário de cinema, Gasparino Ferreira Neto de Andrade. Esses projetores marcam uma época florida da sétima arte nesta cidade, que lotava esses cinemas ver passar grandes filmes.

Aquisição de um veículo novo para a entidade – Doação de 30 mil reais pela Justiça da Comarcapossibilitou a aquisição de um carro, marca Fiat, no início de 20015, através do juiz, Dr. Marcos José Vedovotto.

Semana Nacional do Museu – Em parceria com o Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), Ministério da Cultura e várias outras entidades, o MUSAI tem comemorado à Semana Nacional de Museus, basicamente no mês de maio de cada ano.

Guia Turístico de Ituiutaba – Com o objetivo de mostrar um pouco as potencialidades da cidade e o que tem para oferecer aos visitantes, a Fundação em parceria com a rede hoteleira, restaurantes, churrascarias e outros seguimentos, fez o Guia Turístico e Cultural, o distribuindo gratuitamente a vários segmentos da sociedade.

Cartão Postal – Atendendo pedidos de visitantes que gostariam de levar ou enviar uma lembrança da cidade para os seus amigos e entes queridos, foi produzido inúmeros Cartões Postais, com imagens variadas da cidade, mostrando a pujança desta terra.

Projeto Educar –Esseprojeto que foi trabalhado com bastante esmero, com o objetivo de aumentar a pontuação do ICMS Cultural, com a participação de alunos (4ª e 5ª séries), professores e diretores de escolas municipais e estaduais, (Projeto de Educação Patrimonial) – Educar 2014/2015.

Homenagem a catireiros da velha guarda – Para resgatar uma das mais ricas expressões culturais desse país, a Fundação promoveu no mês de maio de 2016, em parceria com o Grupo de Catira Nova Geração, um encontro de catireiros da nova geração com a velha guarda, quando foi conferido diploma aos primeiros catireiros de Ituiutaba.

Projeto de registro da Congada – Foi desenvolvido em 2015, em parceria com a Irmandade de São Benedito, projeto de registro da Congada desta cidade, a nível estadual, junto ao IEPHA – Instituto Estadual Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. Esse projeto deverá render em 2017, muitos pontos para o ICMS Cultural de Ituiutaba.

Talentos da Fundação abrilhantaram a EXPOPEC – A cidade realiza em setembro uma das maiores festas agropecuária desta região, a Expopec. Em 2015, em parceria com Conservatório Estadual de Musica, a Fundação levou para o palco da Expopec, um memorável show cultural, com a Orquestra de Viola UAI, comandado pelo consagrado cantor ituiutabano Alexandre Viola, que agradou em cheio às milhares de pessoas que assistiram.

Concurso de Contos “Águas do Tijuco” de Ituiutaba – A Fundação realiza todos os anos, um dos mais importantes concursos de contos do país, devido a sua importância literária e a sua projeção em todo território nacional, em sua 4ª edição.  Paga aos vencedores prêmio de 3 mil reais. É considerado maior prêmio literário do país.

Apoio a Folia de Reis – A Fundação tem dado apoio permanente às de Folia de Reis desta cidade, preservando essa rica expressão popular, representadas: (Companhia de Reis Estrela Guia) – capitão Raposa; (Religiosa Companhia de Reis de Ituiutaba) capitão Darci Gonçalves e (Companhia de Reis Estrela do Oriente), comandada pelo capitão João da Abadia. Mantendo viva essa tradição familiar religiosa.

Artesanato – Apoio permanente e parceria com AMAI – Associação Municipal de Artesãos de Ituiutaba, para realização da Feira de Artesanato na Praça da Prefeitura e para manutenção da loja do artesanato, na Rua 20, que abriga e comercializa os trabalhos dos artesãos desta cidade.

Participação de talentos da Fundação no PELC – Parceria com a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer tem levado os talentos formados no Espaço Cultural Benedito Santana, na área de música, dança e artes marciais, no PELC realizado mensalmente, na Praça Getúlio Vargas.

Uniforme de gala para o Coral Municipal Abrão Calil Neto – Um dos projetos que premiou o consagrado Coral Municipal Abrão Calil Neto foi à aquisição e doação de uniforme de gala, para suas apresentações, nos mais diversos eventos nesta cidade.

Lançamento do livro: Eu e as emissoras de Rádio – Apoio e parceria com o rádio-jornalista, Hairton Dias, assessor de imprensa da FCI para lançamento do livro de sua autoria: Eu e as emissoras de Rádio. Esse livro foi considerado pela ALAMI, o melhor livro publicado em 2015. E o lançamento do livro Família Franco e aliadas – Autor: ex-deputado e advogado, Luiz Alberto Franco Junqueira.

Intercâmbio Cultural – Visita a Museus particulares na zona rural – Em 2015, o presidente FCI, professor Rangel visitou um museu particular na Fazenda Retiro Velho, de propriedade do empresário rural Camilo Lelis Severino. Nesse intercâmbio cultural, foi constatada a existência de várias peças e objetos antigos. Anteriormente, em 2014, o presidente já havia visitado o Museu da Família Drummond, aonde constatou existir um rico acervo cultural, formado por várias peças e objetos, de importantes países do mundo.

Exposição de Telas no MUSAI – No mês de agosto de 2015, A Fundação através do MUSAI, apoiando as artes plásticas abriu às suas portas para receber uma importante exposição de telas de artistas plásticos de Ituiutaba, que expuseram importantes trabalhos. A exposição recebeu um grande público para visitação.

Registro da gráfica – Em 2009, a Fundação recebeu por doação do CAIC – Aureliano Joaquim da Silva, uma pequena gráfica que tem sido usada para ensinar a profissão de tipógrafo a quem deseja aprender essa atividade profissional. Em 2015 foi feito o seu registro, junto ao IEPHA, o que irá render muitos pontos, para o ICMS Cultural de Ituiutaba de 2016/2017.

Bandas José Castanheira e Banda Mirim Maestro Elias Antônio Daia – Consideradas às meninas dos olhos do presidente, as bandas tem cumprido um papel musical e social extraordinário, isto porque, a Banda José Castanheira é uma das mais importantes ferramentas músico-cultural desta cidade e região, onde seus integrantes sentem-se orgulho de compor seu quadro de músicos e a Banda Mirim Maestro Elias Antônio Daia, formada especialmente por meninos e meninas em risco social, tendo a sua frente o maestro Sandro Santos Lima que desenvolve um trabalho extraordinário na formação musical, social e humana, desses garotos.

Justiça da Comarca destina recursos financeiros para aquisição de instrumentos para a Banda Mirim – A exemplo, do que ocorreu em 2015, quando foram destinados 30 mil reais para a compra de um veículo para entidade, novamente a Justiça da Comarca representada mais uma vez pelo Juiz, Dr. Marcos José Vedovotto, faz importante doação para entidade, destinando recursos de 34.500,00, para aquisição de novos instrumentos, para Banda Mirim Maestro Elias Antônio Daia. Uma grande conquista, porque os instrumentos usados já estão com sua vida útil prejudicada.

Exposição de Fotos de Ituiutaba – A Fundação, por intermédio do MUSAI realiza todo ano exposição de fotos de Ituiutaba, de ontem e de hoje, mostrando culturalmente, vários pontos da cidade e a sua consequente evolução através do tempo.

Ponto Cultural – Em parceria com a ALAMI e o Jornal do Pontal, a FCI patrocina a edição do jornal, de todas as terças-feiras, a página PONTO CULTURAL, abrindo espaço para escritores ituiutabanos que publicam seus trabalhos literários, contribuindo dessa forma, para o enriquecimento literário e cultural da população.

Oficinas do Espaço Cultura Benedito Santa – Para dar oportunidade a quem pretende aprender a dançar, cantar, tocar, desenhar, pintar e praticar artes marciais, a Fundação mantém o Espaço Cultural Benedito Santana, onde às pessoas de todas as idades de Ituiutaba têm a oportunidade, de aprender essas atividades, contribuindo apenas com uma taxa simbólica, destinada diretamente aos monitores que ministram estas oficinas.

Parcerias – Para garantiras suas realizações, a FCI foi buscar em todos os seguimentos sociais importantes parecerias que solidificaram às inúmeras conquistas em favorcultura, durante os anos da presidência do professor Rangel, que na oportunidade vem de publico agradecer a todas as entidades que direta ou indiretamente contribuíram com sua administração.

Conselho Curador da Fundação – O Conselho Curador da Fundação Cultural, através de seus presidentes, José Moreira Filho e posteriormente, Ênio Eustáquio Ferreira e conselheiros, exerceu ao longo desses quase seis anos, da presidência do professor Francisco Roberto Rangel, a frente da entidade, um importante papel de observação e fiscalização, apresentando sugestões em torno das ações da presidência, visando assim, o engrandecimento da entidade, o que contribuiu consequentemente, com a transparência e o sucesso dessa administração.

Assessoria de Imprensa da Fundação Cultural – Hairton Dias

Justiça de Ituiutaba destina mais de 29 mil para Fundação adquirir instrumentos para Banda Mirim

É a segunda vez que a Justiça desta cidade destina recursos financeiros a Fundação Cultural para ser investidos em projetos que melhore e facilite o trabalho da entidade em Ituiutaba a favor da cultura. A primeira doação foi de 30.000,00 usados para aquisição de um veiculo Fiat e agora a Justiça local destina recursos da ordem de 29.500,00 para serem investidos na aquisição de instrumentos para a Banda Mirim “Maestro Elias Antônio Daia”, devido os instrumentos existentes já estar bastanteusados, alguns não oferecendo uma boa qualidade de som a banda.
Essas doações é fruto de um trabalho sério e transparente que o atual presidente, professor Roberto Rangel vem desenvolvendo a frente da Fundação em todas as áreas, especialmente o relacionado à Banda Mirim, que abriga mais de quarenta meninos e meninas, em risco social.
Para o presidente Francisco Roberto Rangel é muito gratificante ver que a justiça local, por intermédio do juiz, Dr. Marcos José Vodovottosensibilizou-se com o trabalho que ele vem realizando a frente da Fundação, para dar maior qualidade aos projetos culturais e sociais, desenvolvidos pela entidade.
“É a segunda vez que recebemos doação da Justiça local, a primeira vez recebemos recursos que nos deu condição de comprar um carro zero quilometro, um Pálio, porque a Fundação não tinha veículo. Agora fizemos um novo projeto e conseguimos a quantia de 29.500,00 que será entregue no dia 26, sexta-feira, às 10 horas lá no fórum e esses recursos serão destinados à aquisição de instrumentos para a Banda Mirim, porque os usados pela Banda vem da Banda Municipal José Castanheira, de muito uso e quase sem vida útil. Então, vamos adquirir todo instrumental novo, graças a essa colaboração da Justiça, através do nosso juiz, Dr. Marcos José Vodovotto, que está fazendo esta doação para nossa entidade e ainda esse ano nós vamos adquirir esse instrumental para a Banda Mirim”, disse Rangel.
Segundo o presidente Rangel essa doação é porque a justiça reconheceu que esse projeto da Banda Mirim atende crianças e adolescentes em risco social, pois temos integrando a banda crianças de 10 anos de idade, que poderiam estar ociosas correndo risco, astiramos da rua. Temos na banda um verdadeiro anjo da guarda dessas crianças, o maestro Sandro Santos Lima que além de ensinar esses garotos tocar os mais diversos instrumentos, a se profissionalizar e formar a Banda Mirim que já se apresenta nas mais diversas solenidades, ele, as busca e as leva em casa.Mais tarde, alguns desses garotos integram a Banda Municipal José Castanheira. O meritíssimo juiz reconheceu que além de aprenderem uma profissão, esses garotos foram tirados da rua, onde viviam em risco social.
Indagado se ainda a prazo de adquirir os instrumentos da Banda Mirim esse ano, o presidente informou que sim, visto que o Dr. Marcos informou que os recursos de 29.500,00 já estarão na conta de Fundação na próxima sexta-feira e por isso já esta realizando a licitação, tendo o mês dezembro todo para adquirir esses instrumentos, informou.

 
Saiba mais sobre Ituiutaba, acesse: www.portalituiutaba.com.br
(Ituiutaba, 22 de novembro de 2016).